BEJRPG – O Fim da Rede Social e o Recomeço da Campanha

Salve Aventureiros!

Tudo tem um fim e não é diferente com as coisas no mundo da internet. Nos últimos meses a rede social do BEJRPG ficou quase que abandonada, poucos usuários realmente visitavam-na e uma onda de spammers ajudaram a bagunçar o site depois de uma falha no plugin que monitorava o registro dos usuários. Diante disto decidimos encerrar a Rede Social do BEJRPG, ela foi útil para divulgar o RPG aos novos jogadores, mas a verdade é que ela tornou-se mais um problema do que uma ferramenta útil. Mas se por um lado a Rede Social teve poucos acessos nossa página do Facebook cresceu consideravelmente. Hoje temos quase 2 mil seguidores, a sua grande maioria participantes da Rede Social, e o número continua a crescer.

O fato é que o mundo RPGístico mudou consideravelmente desde 2009 quando a campanha se iniciou. A internet está mais popular do que nunca, as redes sociais se tornaram um elemento importante de divulgação e já não há o mesmo preconceito em relação ao RPG como havia antes. O preconceito até continua, mas de uma maneira diferente, pois com uma simples “Googlada” é possível conhecer bastante sobre o nosso hobbie, sem dizer que muita iniciativas de divulgação e apoio surgiram nestes últimos seis anos.

Mas o BEJRPG irá acabar? De maneira alguma! Este site permanecerá no ar (sem a Rede Social) e nós continuaremos utilizando-o para ajudar a divulgar iniciativas e projetos ligados ao hobbie. Também aproveitaremos o nosso espaço nas rede sociais principalmente através da nossa página no Facebook.

Se você sente falta da Rede Social temos uma boa notícia para vocês. Estamos desenvolvendo uma plataforma separada com o objetivo de servir como um cadastro de jogadores e grupos pelo Brasil, ainda está bem no início, mas se você quiser conhecer um pouco pode visitá no link abaixo ou curtir a página do Facebook.

Muitos Sucesso Decisivos a Todos!

O “pavor” dos novos sistemas de RPG

Olá pessoinhas queridas!!!

Finalmente meu primeiro post aqui no mais novo, revolucionário e futurístico site do Bom é Jogar RPG! Já estava com saudades!

Acho uma baita responsabilidade escrever para vocês e estou hiper animada com a possibilidade de abordar assuntos que venham a ajudá-los ou pelo menos distraí-los (por mais aleatório que sejam os ditos temas).

Como ando muito inspirara às polêmicas, gostaria de tocar naquela velha ferida da maioria dos grupos de RPG pelos quais eu pude passar: os pavorosos e assustadores “Novos Sistemas”.

Sim, eles são praticamente bichos papões do imaginário de alguns jogadores. Para alguns esse assunto não tem solução, porém, na minha humilde opinião, acho que depende muito mais da pré-disposição das pessoas em frente a mudanças.

Eu sei que tendemos a permanecer com aquele sisteminha bacana, afinal, você já o conhece de cabo a rabo. Nele dá para fazer todos os combos, tem todos os livros além do pleno conhecimento das falhas nas regras e tudo mais… Contudo, meu querido, não custa nada mudar! É praticamente um processo indolor e costumeiramente sem maiores danos psicológicos. O único risco neste tipo de situação é o de ficar viciado(a) em novidades…

Costumo dizer que o RPG PRECISA ser uma atividade extremamente democrática. Somos um grupo, uma equipe, por isso todos devem ser ouvidos na hora de se escolher um sistema ou ambientação. Assim mantém-se um clima descontraído e de diversão durante as sessões.

O mestre (mesmo que o grupo conte com mais de um) é um representante dos jogares, e como tal, deve fazer algum tipo de votação quanto à escolha de sistemas, ambientações, modificações de regras, adaptações e tudo mais que venha a tornar o jogo cada vez mais proveitoso e prazeroso a todos.

Novidades são ótimas estimuladoras de criatividade – Quem sabe assim o seu grupo sai do marasmo hein?! Garanto que isso vai lhes render ótimos encontros rpgísticos!

Bem – Esse foi o meu recado e espero do fundo do meu coraçãozinho besta que ele tenha alguma valia para vocês!

Abraços da deidade atarefada e sonolenta do Chat do BEJRPG