RPGCon 2011: Eu fui!

A terceira edição da RPGcon, evento que surgiu para preencher o vazio deixado pelo Encontro Internacional de RPG, ocorreu no último fim-de-semana, dias 09 e 10 de julho, no Colégio Santa Amália em São Paulo, capital.

Nas duas primeiras edições, realizadas no Colégio Notre Dame, pude ir em apenas em um dos dois dia do evento, e sempre com uma van fretada. Já nesse ano pude comparecer em ambos os dias de evento e ajudou muito a “nova casa” ser praticamente colada com a estação Saúde do metrô!

Eu e minha esposa nos hospedamos no hotel Estação Paraíso, pela facilidade do acesso ao metrô. Logo na manhã do sábado, uma grata surpresa: enquanto tomávamos o café da manhã eis que aparece no refeitório ninguém mais, ninguém menos que Tio Nitro, um dos rockstars do RPG Nacional! Acompanhado de sua esposa, ambos extremamente amistosos e simpáticos. Conversamos durante o café e fomos todos juntos para o evento…

Logo na chegada, novidades: a Feira do RPG Independente ganhou um espaço de destaque, ficando no pátio de entrada e contando com grandes nomes do RPG Nacional. Lá estavam a Secular Games, com a segunda edição de seu fanzine Mamute e com o Busca Final. A Retropunk, responsável por Rastro de Chtulhu e 3:16, estava com seu mais novo lançamento: Fiasco. A RedBox, com a edição revisada do Old Dragon e conjuntos de miniatura de encher os olhos de qualquer RPGista das antigas. A Coisinha Verde com o Mighty Blade. O pessoal do Tagmar II, promovendo o primogênito do RPG Nacional. O Leonardo Andrade com seu mais novo livro “Terras de Shiang“. O pessoal da SpellRPG com seu cenário para D&D 4e, Ohmtar. O RPG compacto Zip e o sistema Kalahad fechavam os stands.

Coisinha Verde
Retropunk
Secular Games
RedBox
Zip
Kalahad
Tagmar II

Terras de Shiang

Vale, com certeza, um agradecimento a todo esse pessoal! Conversei com todos eles e, sem exeção, foram todos muito gente boa! Desejo sucesso a todos! Batalhando sempre para o RPG nacional crescer.

Durante os dois dias de evento rolaram várias palestras no auditório principal e no mini-auditório (que nada mais era que uma sala de aula comum) os temas foram os mais variados: piratas, zumbis, alienígenas, bate-papo com o pessoal da FRI e com autores nacionais. Uma daquelas situações que você fica chateado porque o horário de duas palestras interessantes é o mesmo e você vai ter que escolher uma delas.

Jota, Leandro e Juliano - Leandro é o autor da Triologia "Legado Goldshine" e deu uma palestra sobre sua obra no sábado.


Outra novidade desse ano foi a BoardGameCon (BGCon) que ocorreu em paralelo a RPGCon. Em duas salas você podia escolher dentre várias opções de jogos de tabuleiros e jogar uma partida com os amigos! Houveram palestras sobre a área e sobre o desenvolvimento de jogos de tabuleiro. Uma ótima iniciativa dos organizadores!

Pessoal se divertindo na BGCon

Algumas das opções de jogos disponíveis


O tradicional leilão de jogos usados estava presente e, tradicionalmente, era a maior fila do evento! Só fui visitá-lo no domingo mas, infelizmente, não achei nada interessante por um preço camarada.

Falando em filas, a praça de alimentação dividiu espaço com a feira de artigos medievais e, diferente de outros anos, não vi nenhuma grande fila lá. Só atrapalhou um pouco ela não ficar em uma área coberta… o sol castigou um pouco o pessoal.

Praça de Alimentação/Feira Medieval


Mas como nem tudo são rosas o evento teve sua parcela de problemas. A programação demorou para sair, sendo fechadada pouco antes do dia do evento. Lá mesmo haviam cópias coladas em diversos pontos mas não vi ninguém distribuindo a versão impressa para o público.

As organização das mesas de jogo estava um pouco deficiente também. Senti falta do tradicional painel com os números das mesas afixados, listando as aventuras. Os Staffs do evento tinham que ficar procurando em uma lista com várias páginas, o que demorava um certo tempo.

Mesas de Jogo


No ano passado também haviam mais atividades, o que gerou uma reclamação por parte de algumas pessoas. Bom, sou da opinião que sempre é melhor pecar pelo excesso que pela falta. Ano que vem espero que, em minha resenha, reclame que tinha tantas coisas para fazer que não sabia nem por onde começar!

Ao final do último dia do evento foi realizada no auditório principal a “Mesa de Vidro” onde os organizadores do evento se dispõe a ouvir e responder a tudo que o público gostou, ou não, no evento. Transparência sempre é bem vinda! Eu mesmo falei da falta de um guarda-volumes, sempre útil pra guardar as malas no dia de ir embora, e das duas uma: Ou o Douglas (D3) é um ator digno de Oscar ou ele realmente esqueceu de montar o guarda-volumes esse ano! :) Para reparar a gafe ele prometeu montar o do ano que vem sem custos!

Mesa de Vidro - Transparência por parte da organização!


Fazendo um balanço final o evento desse ano foi bom, mas poderia ser bem melhor. Acho que sempre pode, afinal tudo é um eterno aprendizado! O importante é não desanimar!

Minha presença no ano que vem está mais do que garantida! Temos de prestigiar o esforço do pessoal da RPGCon em manter vivo o nosso tão querido hobbie. E se a gente não for lá, não apontar os acertos e os defeitos, como o pessoal vai melhorar?

Cobrar resultados é fácil, reclamar que não gostou é fácil também. Mas você ajudou em alguma coisa? Colaborou em algo para que o evento fosse melhor? Não estar perto fisicamente não é desculpa! Podemos divulgar, opinar… a internet taí pra isso!

Então ficam abertos os comentários para sugestões, elogios e reclamações! Tudo vai ser encaminhado a organização então essa é chance de ajudar a melhorar! Participe!!!

Nos vemos lá ano que vem!

Concurso: Faça você mesmo de Criação de Jogos

A Secular Games está promovendo de 28/02 a 13/03 o concurso Faça você mesmo de criação de Jogos!

O objetivo é simples: os participantes deverão desenvolver um jogo de RPG que seja jogável em 15 dias.

Para o regulamento completo acesse:

http://www.secular-games.com/2011/02/concurso-faca-voce-mesmo-de-criacao-de-jogos/

E lá vamos nós!!! 😀

Rastro de Cthulhu

Saudações a todos!

Muitos já conhecem esse aguardado RPG que está para ser lançado pela Retropunk. Para aqueles que ainda não conhecem a obra, segue um texto introdutório (um agradecimento ao Guilherme Moraes por ele).

A Retropunk estendeu a pré-venda do livro, ele pode ser adquirido através do site da própria editora (ou para encurtar, clicando aqui)

E vamos a obra!

Rastro de Cthulhu é um jogo de representação (RPG) onde os jogadores assumem o papel de pessoas comuns que se vêm no meio de um mistério: a morte de um conhecido sob circunstância estranhas, o falecimento de um parente distante que lhe deixou uma herança, um detetive da polícia investigando o desaparecimento de vagabundos de rua que ninguém mais se importa, ou que apenas estavam no lugar errado na hora errada para testemunhar o que não poderia ser testemunhado.

Aos poucos esse grupo de investigadores do acaso começa a descobrir e desvendar as pistas que levam a solução do mistério, muitas vezes tendo vislumbres e pistas do que horror que está por vir ao juntar todas as peças do quebra-cabeça, apenas para descobrir que a verdade é muito mais assustadora que o próprio mistério, e que o mundo é um lugar muito mais sombrio e terrível do que pensam ser.

Rastro de Cthulhu é um jogo de horror sobrenatural baseado na obra do escritor norte americano H. P. Lovecraft e em seu universo fantástico e terrível onde a humanidade é insignificante e apenas passageira em um universo povoado por terríveis e poderosos seres que desafiam o tempo e espaço e até a própria morte. Onde apenas alguns poucos bravos e corajosos, embora ao mesmo tempo desafortunados heróis, é a última linha de defesa da humanidade frente a estes horrores cósmicos e seus asseclas, insanamente engajados em libertar seus mestres atemporais de suas prisões cósmicas e libertar o horror sobre o mundo.
Continuar lendo Rastro de Cthulhu

5º Encontro de RPG de Araraquara

O já tradicional Encontro de RPG de Araraquara está chegando a sua quinta edição.

Este ano, o evento irá ocorrer nos dias 13 e 14 de novembro, no Sesc Araraquara (Rua Castro Alves nº 1315). O ERPGA é um evento de caráter beneficiente, com diversas atrações. Para a programação completa, clique no link abaixo.

http://rpgararaquara.blogspot.com/

1º SciFi & Fantasy Con

Aconchegante. Essa é a primeira palavra que me vem a mente ao pensar em descrever o 1º SciFi & Fantasy Con que ocorreu no último fim-de-semana, dias 24 e 25/07, em Araraquara, interior de SP.

O evento, que foi organizado pelo grupo Supimpa RPG e realizado no SESC Araraquara, contava com tudo que um bom evento de RPG deve ter: stands vendendo aqueles produtos que só encontramos em eventos (se você, como eu, não mora na grande São Paulo), mesas de RPG e Card Games, SwordPlay (Luta com Espadas de Espuma) – com o grupo Gladius Swordplay de Ribeirão Preto, Live-Action de Senhor dos Anéis, entre outros.

Os organizadores merecem uma nota a parte, todos muito gente boa! Era perceptível que o pessoal estava lá porque queria e gostava do que estava fazendo. O Júlio Parancini, gentilmente nos cedeu uma entrevista que pode ser conferida aqui ou no player abaixo:
2010-07-24 – Entrevista com Júlio Parancini by bejrpg

Galera da Organização
Tem como não se divertir em um evento organizado por esse pessoal?

No sábado, enquanto dava uma volta pelo evento, tive o prazer de conhecer o Leonardo Andrade, um dos autores do Opera RPG. Outro ótimo exemplo de gente boa, conversamos sobre o Opera e sobre seu novo projeto “Terras de Shiang”. Não perdendo a oportunidade, garanti meu exemplar do Opera RPG autografado! 😀

Eu e o Flash, digo, Leonardo Andrade!

O evento teve dois convidados especiais: André Vianco, autor de best-sellers como “Os Sete” e “Bento”, no sábado e Wendel Bezerra, dublador do Goku de “Dragon Ball Z”, do Bob Esponja e de muitos outros, no domingo.

Tive o prazer de assistir ambas as palestras e foram fenomenais. Os palestrantes contaram um pouco sobre suas carreiras e depois abriram para perguntas do público, fazendo um bate-papo descontraído e engraçado. Depois ainda tiveram pique para dar autógrafos e tirar fotos com os fãs! O Wendel soltou tantos Kamehameha que acho que era possível destruir algumas cidades…

Palestra do André Vianco
Palestra do Wendel Bezerra

Durante o evento também tive a oportunidade de conversar mais com o pessoal da Gladius SwordPlay, que já conhecia pelo site e por algumas postagens que fiz. Não negando o espírito desse eventos, todos foram muito amigáveis e simpáticos! Até me aventurei a algumas espadadas! 😀

Arriscando algumas espadadas...

O último dia de evento terminou com o sorteio de vários brindes, dos quais, infelizmente não ganhei nenhum, e a promessa de próximos eventos em breve! Já adiantando fiquem ligados no site deles, pois em 13/08 vai ser realizada uma ZumbiWalk com direito a Live de Terror em seguida!

Um forte abraço a todos que tornaram esse evento uma experiência tão divertida e agradável!

Espero que possamos nos encontrar em breve novamente!