Old Stuff que faz sentido, criar mundos e continuar

Bem, quase um ano depois daqueles meus posts sobre mercado de rpg brasileiro e design de mundos, e de ter ficado esse tempo longe do BEJRPG, na Páscoa eu estava na praia, achei um sebo, e lá achei o Livro do Jogador e o do Mestre de AD&D segunda edição, baratos pra caramba. Tá, o que isso tem a ver com criação de mundos? Tudo, deixa eu continuar e fica sentadinho ouvindo, seu troll imaginário!

Fui pesquisar na web suplementos de AD&D, e achei algo que fiquei de cara, o Worldbuilder’s guide. se não fosse as trocentas tabelas de estatísticas in-game ele seria o guia mais perfeito de rpg que eu já lí. Como é que isso esteve lá esse tempo todo e eu só fui descobrir agora? Tão Old mas tão Gold, e achei por acidente!

Ele retrata várias abordagens de criação de mundos, e cita algumas formas de organizá-las, que pareciam trabalhosas na época do livro, mas que hoje com alguns programas até comuns de computador ficam baba.

Por exemplo, pra quem usa Linux, existe o Zim Desktop Wiki, que é um programa pra se criar e armazenar referencias em formato wiki que ajuda demais na organização de qualquer mestre ou escritor de rpg. Há também o WikiPad, que eu não testei, mas é parecido e tem versões Linux e Windows. Ambos dá pra achar no Baixaki e outros sites do tipo.

Agora pros que acham que esse tempo todo que eu fiquei fora eu fiquei parado, balela! Faculdade! Consegui umas habilidades que vão me servir pra caramba, e pra a galera daqui, pois quero anunciar que estamos trabalhando na Zine BEJRPG, quem quizer nos ajudar, entre no grupo:

http://bejrpg.com.br/groups/projeto-bejrpg-zine/

Esse projeto tem a aprovação do Vinicius e estamos já conversando com a Editora Infinitum pra tocar pra frente essa iniciativa.

Um gordo abraço esmaga costelas!

Deixe uma resposta